O blog não morreu. Nem eu. Longa vida ao blog.

Descobri recentemente que esse domínio vai completar 10 anos de vida em janeiro do ano que vem e junto com essa constatação veio uma vontade de voltar a escrever por aqui. Além disso existe o fato de que já faz algum tempo que algumas ideias de textos ficam me coçando, tentando me forçar a voltar a escrever. E reativar o blog é a maneira mais fácil de deixar o caderno aberto com um lápis apontado. Simples assim. Ainda não sei exatamente sobre quais assuntos e com qual frequência, mas é bem possível que sejam textos esporádicos sobre temas variados – ou seja, de tudo um pouco num ritmo meio preguiçoso. É isso. Vamos...